Caixa PIS 2020

O PIS ou Programa de Integração Social é também popularmente chamado de 14º salário. Pago pela Caixa Econômica Federal, o Caixa PIS surgiu em 1970 com a Lei Complementar número 7/1970, e de lá para cá tem ajudado milhares de trabalhadores da iniciativa privada com um salário extra que pode ser aproveitado da forma como desejar. Hoje, o Caixa PIS 2020 beneficia mais de 40 milhões de trabalhadores, que contam com o valor liberado pela caixa e pelo Ministério do Trabalho para o pagamento de dívidas, através do Calendário Caixa PIS 2020.

Caixa PIS 2020

Caixa PIS 2020

Um dos objetivos do Caixa PIS 2020 é promover maior integração entre o trabalhador e a empresa, os beneficiários do programa se esforçam em manter os seus postos de trabalho para que possam assim receber o PIS que acaba fazendo parte de suas vidas profissionais.

Ao longo deste artigo, irei te mostrar melhor como funciona este importante programa mantido pelo Governo Federal, as suas regras e condições, além do calendário de pagamentos para este ano de 2020. Continue comigo pelos próximos parágrafos.


Quem tem direito ao PIS?

O PIS funciona da seguinte forma: primeiramente você deve se cadastrar e depois que completar cinco anos terá direito a receber o Abono Salarial Caixa, desde que atenda os seguintes critérios, a saber:

  • Como dito, estar cadastrado no PIS pelo período mínimo de cinco anos;
  • Deve ter recebido até dois salários mínimos como remuneração média mensal durante o ano-base de apuração;
  • Deve ter exercido suas atividades profissionais com registro na carteira de trabalho pelo período mínimo de 30, dias que podem ser consecutivos ou não no ano-base para a devida apuração;
  • Deve ter os seus dados corretamente informados pelo seu empregador na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) que deve ser entregue ao Ministério da Economia (ME).

Desta forma, são excluídos do programa os trabalhadores urbanos e rurais que trabalham para pessoas físicas, trabalhadores que recebem remuneração superior a dois salários mínimos, empregados domésticos, menores aprendizes e diretores que não possuem vínculo empregatício.

O PIS como qualquer outro programa possui suas próprias regras e é comum encontrar muitos trabalhadores que ainda possuem dúvidas sobre os critérios exigidos para a participação. E uma das questões mais pertinentes é referente ao tempo de cadastro e prazo para o recebimento.

Sendo assim, é importante logo esclarecer este detalhe para que você não fique com dúvidas e possa ajudar outras pessoas que, por acaso, ainda não sabem.


Calendário PIS 2020

O calendário de pagamentos Caixa PIS 2020 foi divulgado pela Caixa Econômica Federal no início do ano, e contém as datas de pagamento do PIS 2020. Os pagamentos serão liberados para os trabalhadores de acordo com o mês de nascimento do beneficiário. Os primeiros pagamentos serão liberados para as pessoas nascidas no mês de Julho, seguindo mês a m^^es até quem nasceu no mês de Junho.

Para mais detalhes, confira abaixo a tabela de pagamentos do Calendário Caixa PIS 2020:

Calendário PIS 2020
Nascido em ​Recebem a partir de ​Crédito em conta
​Julho ​26/07/2019 ​​24/07/2019​
​Agosto ​16/08/2019 ​​14/08/2019​
​Setembro ​13/09/2019 ​​11/09/2019​
​Outubro ​18/10/2019 ​​16/10/2019​
​Novembro ​20/11/2019 ​13/11/2019
​Dezembro ​13/12/2019 ​​11/12/2019
​Janeiro ​17/0​1/2020 15/01/2020
​Fevereiro
​Março ​​21/02/2020 ​​19/02/2020
​Abril
​Maio ​​14/03/2020​​ 12/03/2020
​​Junho

O calendário é divulgado e atualizado todos os anos e sua vigência é igual ao mesmo período, ou seja, dura um ano, sendo que geralmente começa por volta de julho e se encerra em junho do ano seguinte.

A criação do calendário foi uma proposta bastante positiva, pois assim os trabalhadores beneficiados se organizam para receberem o seu PIS e evita-se possíveis tumultos que poderiam ser gerados caso não houvesse esse tipo de organização com a separação dos pagamentos por datas distantes. Veja a seguir como funciona a tabela do PIS 2020.


Valor do Caixa PIS 2020

O valor do benefício varia de acordo com o tempo de trabalho no ano base do calendário, e o valor máximo do benefício é de 1 salário mínimo na data de liberação do benefício – e não necessariamente na data de saque.

Por exemplo:

  • Quem trabalhou em 2019 durante todo o ano, terá direito a sacar 1 salário mínimo de abono salarial 2020;
  • Quem trabalhou em 2019 durante apenas 1 mês, terá direito a sacar apenas 1/12 do valor do salário mínimo do abono Caixa PIS 2020.

Confira abaixo a tabela de valores de acordo com o tempo de trabalho com a carteira assinada, divulgada pela Caixa Econômica Federal:

Meses trabalhados (dias) Valor Abono
1 (30 a 44) R$ 80,00
2 (45 a 74) R$ 159,00
3 (75 a 104) R$ 239,00
4 (105 a 134) R$ 318,00
5 (135 a 164) R$ 398,00
6 (165 a 194) R$ 477,00
7 (195 a 224) R$ 557,00
8 (225 a 254) R$ 636,00
9 (255 a 284) R$ 716,00
10 (285 a 314) R$ 795,00
11 (315 a 344) R$ 875,00
12 (345 a 365) R$ 954,00

Tabela PIS 2020

A tabela do PIS 2020 apresenta duas datas para cada mês de aniversário do trabalhador: uma que é para o saque geral, ou seja, para boa parte dos beneficiados e outra para quem possui conta bancária na Caixa Econômica Federal.

Nesta, o trabalhador só precisa verificar o seu extrato, pois a instituição credita diretamente o valor do seu beneficio na conta, o que é mais seguro e cômodo, tendo em vista que o beneficiado não precisa se deslocar até uma agência da Caixa ou unidade das Casas Lotéricas.

Vale lembrar que todos os beneficiados devem sacar o seu PIS 2020 até o dia 30 de Junho que é o prazo final, senão perderá a remuneração, ok? Então deixe a sua curtida abaixo.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Leave a Reply