Abono Salarial 2020

Abono Salarial 2020

O Abono Salarial 2020 é uma espécie de beneficio pago todos os anos aos trabalhadores que exercem suas atividades em corporações e empresas que fazem parte do setor privado. O beneficio também conhecido pelo nome de PIS/PASEP 2020 foi criado na década de 1970 com o intuito de promover maior integração entre os funcionários e respectivas empresas.

Em outras palavras, o Abono Salarial 2020 é um tipo de “recompensa” ao trabalhador que mantém o seu posto de trabalho, e com o dinheiro recebido (que pode chegar ao valor de um salário mínimo) pode investir da forma como melhor achar conveniente.

Abono Salarial 2020
Abono Salarial 2020

Desta forma, anualmente milhares de trabalhadores recebem o Abono Salarial Caixa, cujo benefício é sempre muito aguardado por quem participa do Programa, e se você possui dúvidas e chegou a este artigo com o objetivo de entender como ele funciona é só continuar comigo pelos próximos parágrafos que irei te apresentar todos os detalhes.


Quem tem direito ao Abono Salarial 2020

O Abono Salarial 2020 é um tipo de beneficio que possui suas próprias regras e exigências que foram estabelecidas pelo Governo Federal e também pela Caixa Econômica. Para fazer parte do Programa é necessário que o trabalhador se enquadre nos seguintes critérios, a saber:

  • O trabalhador precisa ter executado as suas atividades com a carteira assinada por um período mínimo de 30 dias no ano-base de apuração, sendo que esses mesmos dias podem ser consecutivos ou não;
  • O trabalhador deverá fazer parte do programa, ou seja, estar devidamente cadastrado no PIS pelo período mínimo de 5 anos;
  • O trabalhador deverá receber até dois salários mínimos no ano-base como sua renda mensal bruta;
  • O seu empregador deverá entregar ao Ministério do Trabalho a Relação Anual de Informações Sociais (ou simplesmente RAIS) com os dados corretos do trabalhador.

Calendário do Abono Salarial 2020

É claro que o trabalhador que se enquadra às regras e exigências do Governo Federal para a participação no programa se interesse em saber em que momento poderá se organizar para contar com o valor do Abono Caixa 2020.

Para isso existe um calendário, o qual é atualizado anualmente e que possui vigência por um período igual há um ano. Este calendário foi criado com o intuito de facilitar a realização dos pagamentos por meio de datas específicas e que assim evitasse possíveis tumultos, uma vez que são milhares de trabalhadores beneficiados com o calendário PIS 2020.

Calendário PIS 2020
Nascido em ​Recebem a partir de ​Crédito em conta
​Julho ​26/07/2019 ​​24/07/2019​
​Agosto ​16/08/2019 ​​14/08/2019​
​Setembro ​13/09/2019 ​​11/09/2019​
​Outubro ​18/10/2019 ​​16/10/2019​
​Novembro ​20/11/2019 ​13/11/2019
​Dezembro ​13/12/2019 ​​11/12/2019
​Janeiro ​17/0​1/2020 15/01/2020
​Fevereiro
​Março ​​21/02/2020 ​​19/02/2020
​Abril
​Maio ​​14/03/2020​​ 12/03/2020
​​Junho

O calendário do Abono Salarial Caixa é estruturado através do mês de nascimento do trabalhador, ou seja, você precisa verificar na tabela qual é a data marcada para o recebimento do beneficio que se encontra ao lado do mês de seu aniversário.

Vale ressaltar que no calendário do PIS há duas datas presentes em cada mês, as quais se referem: a primeira, para os trabalhadores que precisam realizar o saque nas agências da Caixa ou nas Casas Lotéricas, enquanto a segunda é para a outra parcela de trabalhadores que possuem conta bancária aberta na instituição e que só precisam conferir o seu extrato, pois o beneficio é creditado diretamente na conta.

Procure anotar as datas para não se esquecer e não correr o risco de perder a oportunidade de receber o seu Abono Salarial 2020.


Valor do PIS 2020

O valor do PIS 2020 é de até um salário mínimo vigente que, neste ano de 2020, é de R$ 937,00. Este é o valor máximo que o beneficiário do programa poderá receber, uma vez que o pagamento é realizado de forma proporcional ao tempo de serviço realizado, ou seja, quem trabalhou durante todo o ano-base de apuração (que neste caso se refere a 2019) receberá o valor integral de um salário mínimo, mas quem trabalhou menos meses receberá o proporcional ao período comprovado.

Meses trabalhados (dias) Valor Abono
1 (30 a 44) R$ 80,00
2 (45 a 74) R$ 159,00
3 (75 a 104) R$ 239,00
4 (105 a 134) R$ 318,00
5 (135 a 164) R$ 398,00
6 (165 a 194) R$ 477,00
7 (195 a 224) R$ 557,00
8 (225 a 254) R$ 636,00
9 (255 a 284) R$ 716,00
10 (285 a 314) R$ 795,00
11 (315 a 344) R$ 875,00
12 (345 a 365) R$ 954,00

Caso você não saiba ao certo quantos dias teve de trabalho no ano anterior, você pode consultar o PIS no portal da Caixa para descobrir quanto terá direito a receber do abono salarial Caixa.


Como sacar o Abono Salarial 2020

Após ter verificado a data de pagamento para o seu mês de aniversário você deverá apresentar o seu Cartão Cidadão em qualquer agência da Caixa Econômica Federal, Correspondentes Caixa Aqui ou então nas Casas Lotéricas para fazer o saque do seu PIS 2020.

Documentos Necessários

  • Cartão Cidadão;
  • Documento de identidade com foto.

Como sacar o PIS 2020 sem o cartão cidadão?

Caso ainda não possua o cartão é só apresentar um documento de identificação com foto e o seu número do PIS (uma boa dica é apresentar a Carteira de Trabalho, a qual já consta o número impresso).

Nesse caso o saque do PIS 2020 somente poderá ser realizado em uma agência da Caixa.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Calendário PIS 2020

Calendário PIS 2020

Como o de costume todo o ano a Caixa anuncia o calendário PIS 2020, a tabela de pagamentos do benefício pago pelo o Governo Federal. Tem direito todo o cidadão brasileiro trabalhador, que exerça atividade remunerada em empresa privada. Esse benefício é pago anualmente pelo calendário PIS 2020, conhecido também como o 14º salário.

Com esse dinheiro, o trabalhador que possuem dinheiro já conta para ajudar um pouco mais no orçamento, fazer aquela obra, realizar aquela viagem ou até mesmo ser aliviar um pouco das dívidas adquiridas ao decorrer do ano.

Calendário PIS 2020
Calendário PIS 2020

Calendário PIS 2020

O calendário de pagamentos do PIS 2020 já foi divulgado pelo Governo Federal, em uma parceria da Caixa Econômica Federal com o Ministério do Trabalho. As datas de pagamento desse benefício são definidas de acordo com a data de nascimento do trabalhador.

Calendário PIS 2020
Nascido em ​Recebem a partir de ​Crédito em conta
​Julho ​26/07/2019 ​​24/07/2019​
​Agosto ​16/08/2019 ​​14/08/2019​
​Setembro ​13/09/2019 ​​11/09/2019​
​Outubro ​18/10/2019 ​​16/10/2019​
​Novembro ​20/11/2019 ​13/11/2019
​Dezembro ​13/12/2019 ​​11/12/2019
​Janeiro ​17/0​1/2020 15/01/2020
​Fevereiro
​Março ​​21/02/2020 ​​19/02/2020
​Abril
​Maio ​​14/03/2020​​ 12/03/2020
​​Junho

Se o mesmo tiver nascido entre julho e dezembro, pode sacar o benefício no mês de aniversário. Se tiver nascido entre janeiro e julho, pode sacar o benefício entre janeiro e março, no início do ano.

Confira abaixo o calendário de pagamentos do Abono salarial Caixa.


Novas Regras PIS 2020

O governo estabeleceu novas regras de pagamento para o saque do benefício do PIS, o PIS agora está associado aos meses trabalhados pelo o trabalhador no ano anterior, portanto:

  • Se o trabalhador trabalhou exatamente os 12 meses, vai receber um salário nacional inteiro;
  • Se trabalhou, por exemplo, 3 meses o trabalhador só receberá 3/12;
  • Se trabalhou apenas 1 mês com a carteira assinada, terá direito à apenas 1/12 do valor do salário mínimo;
  • E assim por diante.

Ainda prevalece a regra de até dois salários mínimos mensais, aonde o trabalhador deve ter exerce pelo menos 30 dias com carteira assinada no ano de vigência ao anterior.


O que é o PIS?

O PIS 2020 é um dos maiores programas de integração social do Governo é tem como objetivo financiar o pagamento do seguro desemprego, tanto para os trabalhadores de empresas privadas quanto os trabalhadores de empresas públicas.


Quem tem direito ao PIS 2020?

Nem todos os trabalhadores brasileiros tem direito ao abono salarial 2020. Somente aqueles que trabalham para a iniciativa privada, e se enquadrem em TODAS as condições estipuladas abaixo têm direito a receber o benefício.

  • Trabalhadores com mais de 5 anos de cadastro no PIS;
  • Ter trabalhado pelo menos 30 dias de carteira assinada ao ano anterior ao vigente;
  • Quem receber até 2 salários mínimos nacionais por mês;
  • Dados do trabalhador devem ser fornecidos pela empresa ao RAIS (Relação anual de informações Socioeconômica).

PASEP 2020 – Se você se enquadra nas regras acima, mas é trabalhador do setor público (municipal, estadual ou federal), tem direito ao abono salarial, mas não do PIS, e sim ao PASEP 2020. Esse benefício tem regras iguais às do PIS, porém é pago pelo Banco do Brasil, e o calendário de pagamentos do benefício é estabelecido de acordo com o último dígito do número do PIS do trabalhador e não pelo mês de nascimento.


Quem NÃO tem direito ao PIS 2020

Quem não tem direitoDe acordo com as novas regras do PIS 2020, não poderão sacar o PIS, quanquer trabalhador que:

  • Empregados domésticos ou outra  modalidade de trabalhador com carteira assinada vinculada à pessoa física;
  • Estagiarios e aprendizes;
  • Trabalhadores do setor público;
  • Trabalhadores com menos de 5 anos de cadastro no PIS;
  • Trabalhadores com renda mensal superior a 2 salários mínimos
  • Diretores de empresas sem vínculo empregatício.

Onde sacar o PIS 2020

Em qualquer agencia bancária da Caixa Econômica Federal ou em qualquer casa lotérica. A Caixa é o banco responsável em administrar programas sociais do governo. Para sacar, porém, é necessário estar dentro do período de saques do calendário PIS 2020.

Saque do PIS 2020
Saque do PIS 2020

Se você não possui o cartão cidadão

Nesse caso, o saque do PIS deverá ser realizado em uma agência da Caixa. Será necessário apresentar os seguintes documentos:

  • RG ou CNH;
  • CPF;
  • Carteira de Trabalho.

Qual é o valor do PIS 2020?

Valor do PIS 2020Nomeado também de abono salario o PIS tem como referência o mínimo nacional. O valor do PIS 2020 é, porém, proporcional ao tempo de serviço do trabalhador no ano base.

Funciona da seguinte forma:

  • Cada mês de serviço dá direito ao trabalhador a 1/12 do valor do mínimo nacional;
  • É necessário, no mínimo, 30 dias de carteira assinada para ter direito ao PIS 2020;
  • o valor integral do benefício (1 salário mínimo) só será pago a quem tiver trabalhado durante todo o ano base com a carteira assinada.

Para para esclarecer as dúvidas sobre o valor do PIS 2020, a Caixa liberou a tabela a seguir com o valor proporcional do PIS 2020. Confira abaixo:

Meses trabalhados (dias) Valor Abono
1 (30 a 44) R$ 80,00
2 (45 a 74) R$ 159,00
3 (75 a 104) R$ 239,00
4 (105 a 134) R$ 318,00
5 (135 a 164) R$ 398,00
6 (165 a 194) R$ 477,00
7 (195 a 224) R$ 557,00
8 (225 a 254) R$ 636,00
9 (255 a 284) R$ 716,00
10 (285 a 314) R$ 795,00
11 (315 a 344) R$ 875,00
12 (345 a 365) R$ 954,00

O que é NIS?

O NIS é um número único de identificação social, é um número atribuído pela a Caixa Econômica ao seu cadastro, esse número é atribuído a pessoas que recebem benefícios tais como:

  • PIS;
  • Bolsa família;
  • Seguro desemprego;
  • Entre outros.

Tendo esse número único possibilita que o beneficiário se candidate a diversos programas disponibilizados e oferecidos pelo o Governo, normalmente a inscrição em qualquer programa social é realizada através da prefeitura da cidade.

O NIS também é conhecido como Número do PIS, ou PIS/PASEP.

O PIS é todos os outros benefícios oferecidos pelo o Governo traz melhores condições de vida para milhares cidadãos que contam com esse dinheiro a mais que faz a toda diferença no orçamento família, é importante fica atento aos prazos de pagamento para que não perca a oportunidade de realizar o saque.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Salário Maternidade 2020

Salário Maternidade 2020

A desinformação muitas vezes leva a perdas que podem provocar bastante transtorno na vida de uma pessoa. Por exemplo, até hoje existe algumas gestantes que não sabem que tem direito ao Salário Maternidade 2020 no período em que se ausenta do seu posto de trabalho. Sabemos que ele é de grande importância, pois ajuda a custear materiais e alimentação para criança no período de ausência do emprego. Então, quer conhecer um pouco mais sobre o Salário Maternidade 2020? Leia este artigo!

Salário Maternidade 2020
Salário Maternidade 2020

O que é o Salário Maternidade?

O Salário Maternidade 2020 é um benefício que pode ser solicitado pelas mães que acabaram de ter bebê, tanto por parto quanto adoção.  Além de assegurar as contas da casa, o salário maternidade é importante, pois ajudará também as mães custear matérias próprias para bebê e exames de rotina que surgiram após o nascimento.

Dependendo da situação da trabalhadora, o salário maternidade poderá ser pago pela empresa em que ela trabalha ou pela Previdência Social, através da Caixa Econômica, como veremos a seguir.

o que é salario maternidade 2020
O que é?

Esse benefício é pago através das arrecadações dos trabalhadores pelo INSS e pela tributação trabalhista conhecida como PIS-COFINS, que financia esse e outros benefícios do trabalhador brasileiro.

 

VEJA TAMBÉM:


Quando posso receber o Salário Maternidade?

O Salário Maternidade 2020 pode ser recebido:

  • A partir do oitavo mês de gestação ou também 28 dias antes do momento do parto, contato que apresente o atestado médico;
  • Ou também a partir da data referente ao nascimento do bebê, neste caso deve levar uma cópia certificada da certidão de nascimento do bebê.

Mesmo que haja caso de falência da empresa, a empregada possui direito em receber o salário maternidade.

Quem tem direito ao Salário Maternidade
Quem tem direito ao Salário Maternidade

Qual o Valor do Salário Maternidade 2020?

O valor do Salário Maternidade 2020 vai de acordo com a quantia que a gestante recebe. Por isso, o valor do salário é relativo a remuneração mensal da mulher. Fique de olho no valor que consta na carteira de trabalho, caso não receba a mesma quantia deverá tomar as providencias cabíveis.

No caso das empregadas domésticas, elas têm direito a receber a quantia referente ao último salário de contribuição. E, claro, está sempre de olho atento aos limites do salário para a Previdência Social.

Outro fator levado em consideração na hora do pagamento deste benefício é o grupo de trabalhadores que você se encaixa:

  • Para as mulheres que realizam a contribuição para Previdência Social de forma avulsa receberão conforme o seu último salário;
  • No caso de trabalhadores da zona rural que realizam contribuição de forma obrigatório, o valor recebido será de um salário mínimo;
  • Já as trabalhadoras autônomas o valor fornecido pela Previdência Social será a média do salário nos últimos 12 meses trabalhados.

Como Solicitar o Salário Maternidade 2020?

  • Este benefício pode ser solicitado na empresa em que a gestante possui vínculo empregatício;
  • Numa agência do INSS;
  • Ou também pela internet pelo site da Previdência.

No caso da solicitação na empresa, o processo deve ocorrer mais especificamente no setor de recursos humanos (RH), órgão responsável por administrar a parte de contratação e salário na organização da empresa.

A solicitação pela internet, pode ser feita da seguinte maneira:

  • Entre no site do INSS, pelo link;
  • Clique em “Solicitar”;
  • Realize o login no site;
  • Preencha todos documentos exigidos.


Quem paga o Salário Maternidade?

É de grande importância saber as procedências a cerca do salário maternidade, não só apenas a data de recebimento. Estar informado sobre todos os processos evita, muitas vezes, perca de tempo. E é sabido que essa fase da mãe requer cuidados e tempo para o bebê, não é verdade.

O salário maternidade é pago pela empresa empregadora, no caso de mães com carteira assinada. O valor do Salário Maternidade 2020 posteriormente é repassado à empresa pelo INSS. Se a empresa concede a ampliação dos dois meses da licença (no caso, 180 dias), a empresa deve pagar a totalidade desses dois salários, sendo possível descontar o valor no imposto de renda.

Em caso de mulheres com mais de um emprego, elas possuem direito a receber o salário-maternidade em cada um dos vínculos empregatícios.

Está com alguma dúvida sobre salário maternidade? Diga-nos na área de comentários para que possamos solucioná-la.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Salário Mínimo 2020

Salário Mínimo 2020

O novo ano está aí e muitos trabalhadores começam a receber os seus salários com o reajuste que é dado anualmente. Até o ano passado, o valor base era de R$ 998,00 e já para este ano ele subiu para R$ 1.020,00. Depois de um tempo, esse aumento de R$ 22,00 foi recebido com surpresa por parte dos trabalhadores que vinham recebendo os ajustes menores. Mas dessa vez, o valor do Salário Mínimo 2020 foi maior até mesmo para que se tornasse mais justo uma vez que, milhares de trabalhadores e assegurados vivem de acordo com o Salário Mínimo 2020.

Salário Mínimo 2020
Salário Mínimo 2020

O que é o Salário Mínimo?

O salário mínimo foi instituído pelo Governo brasileiro na década de 1930 quando Getúlio Vargas era o presidente em exercício. Ao contrário do que muitos pensam, o mínimo foi uma adoção da ideia originaria implantada pela Nova Zelândia ao final do século XIX.

Hoje, o modelo é adotado em 90% dos países e serve como o piso salarial para a maioria dos recebimentos. Ainda que pela Constituição Federal e cálculos realizados por instituições como o Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos) o valor do salário deveria ser superior ao vigente – já que a proposta do mínimo é assegurar a justiça e o provimento das necessidades básicas da vida de cada cidadão.

Todavia, pode-se dizer que o significado de Salário Mínimo 2020 nada mais é do que o menor valor que um trabalhador deve receber para o seu sustento mensal ou, em outras palavras, é a base de cálculo em que se deve apoiar a remuneração justa que cada um deve receber pelo exercício de suas atividades.


Valor do Salário Mínimo 2020

Todos os meses os trabalhadores do setor público e privado recebem o seu salário, o qual é pago com base no valor do salário mínimo 2020.

Veja abaixo o valor do salário mínimo ao longo dos anos:

Vigência Valor Mensal Valor Diário Valor Hora
01.01.2019 R$ 998,00 R$ 33,27 R$ 4,54
01.01.2018 R$ 954,00 R$ 31,80 R$ 4,34
01.01.2017 R$ 937,00 R$ 31,23 R$ 4,26
01.01.2016 R$ 880,00 R$ 29,33 R$ 4,00
01.01.2015 R$ 788,00 R$ 26,27 R$ 3,58
01.01.2014 R$ 724,00 R$ 24,13 R$ 3,29
01.01.2013 R$ 678,00 R$ 22,60 R$ 3,08
01.01.2012 R$ 622,00 R$ 20,73 R$ 2,83
01.03.2011 R$ 545,00 R$ 18,17 R$ 2,48
01.01.2011 R$ 540,00 R$ 18,00 R$ 2,45
01.01.2010 R$ 510,00 R$ 17,00 R$ 2,32
01.02.2009 R$ 465,00 R$ 15,50 R$ 2,11
01.03.2008 R$ 415,00 R$ 13,83 R$ 1,89
01.04.2007 R$ 380,00 R$ 12,67 R$ 1,73
01.04.2006 R$ 350,00 R$ 11,67 R$ 1,59
01.05.2005 R$ 300,00 R$ 10,00 R$ 1,36
01.05.2004 R$ 260,00 R$ 8,67 R$ 1,18
01.04.2003 R$ 240,00 R$ 8,00 R$ 1,09
01.04.2002 R$ 200,00 R$ 6,67 R$ 0,91
01.04.2001 R$ 180,00 R$ 6,00 R$ 0,82
03.04.2000 R$ 151,00 R$ 5,03 R$ 0,69

A cada início de ano o valor do salário sofre reajustes, e quem decide isso é o atual presidente da República. No início deste ano o salário obteve uma alteração e passou a ser R$ 998,00.


Aumento do Salário Mínimo 2020 por Categorias

O reajuste do Salário Mínimo 2020 influencia toda a economia nacional. Até quem não recebe o menor valor permitido por lei acaba sendo beneficiado como, por exemplo, os trabalhadores do comércio.

Estes geralmente recebem o chamado “salário comercial” que é um valor superior ao mínimo que, dependendo da atividade. É algo em torno de R$ 40 a R$ 50 em média. Outros que também são beneficiados pelo aumento do salário mínimo são os:

Demais categorias e setores econômicos que trabalham de acordo com a CLT (Consolidação das Leis do Trabalho) também são beneficiados com os reajustes anuais. Por outro lado, o aumento do salário mínimo tem como objetivo aumentar o poder de compra do trabalhador.

O valor do reajuste do salário mínimo também é usado para efetuar o reajuste de outros benefícios do trabalhador, como o reajuste da:

  • Tabela PIS/PASEP;
  • Da aposentadoria;
  • E do salário família.

Aumento dos Preços de Produtos

Se, por um lado, há o reajuste devido ao Salário Mínimo 2020 do trabalhador. Por outro se aumenta também o preço de vários produtos e serviços como, por exemplo:

  • Vale-transporte;
  • Gás de cozinha e;
  • Os alimentos.

A lógica é bastante simples:

  • Se aumenta o salário do trabalhador o mesmo pode pagar mais pelas suas compras;
  • Com isso, os empresários e comerciantes “aproveitam” a ocasião.

Tanto que muitos veículos de comunicação quando noticiam o aumento mostram o cálculo de como ficarão os gastos que o trabalhador poderá ter.


Como é realizado o cálculo do reajuste do Salário Mínimo?

O cálculo se baseia no:

  • Crescimento do PIB (Produto Interno Bruto);
  • E sua variação em dois anos antes do reajuste do salário e mais o INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor).

A partir desses dois modelos tem-se uma variável em porcentagem que se estabelece o valor do reajuste como resultado do cálculo.

Atenção: para quem recebe o PIS pela tabela 2019, vale lembrar que o valor do PIS será reajustado de acordo com o novo Salário Mínimo 2020.

Alguns trabalhadores já começaram a receber o novo salário e alguns outros começarão a receber em breve. Caso você ainda não tenha recebido com o reajuste procure verificar, junto ao seu empregador, quando será realizada a alteração. Fique de olho, pois como o nome diz, por lei, nenhum trabalhador deverá receber valor inferior ao mínimo estabelecido.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Seguro Desemprego 2020

Seguro Desemprego 2020

O Seguro Desemprego 2020 é um dos programas de auxílio ao trabalhador mais importantes que o amparam temporariamente para que possa arcar com as suas despesas, enquanto busca uma nova oportunidade de emprego. Até algum tempo atrás, o programa concedia o benefício com mais facilidade. Mas devido a uma série de abusos, o Governo Federal precisou rever as regras, de forma que não prejudicasse e realmente auxiliasse quem precisa do Seguro Desemprego 2020.

Seguro Desemprego 2020
Seguro Desemprego 2020

Desta forma, o período de meses de acordo com o número de solicitações, assim como o valor do benefício foram as principais alterações sofridas pelo Seguro Desemprego, e caso você ainda não conheça terá a oportunidade, através deste artigo, de conhecer todas as regras do programa. Preparado? Então é só me acompanhar pelos próximos parágrafos.


O que é o Seguro Desemprego 2020?

O Seguro Desemprego 2020 é um programa de amparo financeiro criado e mantido pelo Governo Federal como uma alternativa de auxiliar os trabalhadores que perderam os seus empregos, cuja dispensa tenha sido feita sem justa causa. Como o benefício é temporário é importante que o trabalhador assegurado procure imediatamente um novo trabalho para poder assim garantir a sua dignidade com o seu próprio sustento.


Valor do Seguro Desemprego 2020

Como já havia adiantado no início deste artigo, o valor do Seguro-desemprego sofreu alterações por conta do reajuste do Salário Mínimo 2020, cuja referência de cálculo é baseada sobre a faixa salarial média que o trabalhador recebia no seu último emprego. Veja a seguir como funciona:

  • Se você recebia até R$ 1.360,70 deverá pegar o valor médio do seu salário e multiplicar por 0.8, ou seja, terá direito a receber 80% da remuneração;
  • Se você recebia entre R$ 1.360,71 e R$ 2.268,05 deverá pegar o valor superior a 1.360,70 multiplicar por 0.5 e depois somar com 1.088,56;
  • Já para quem recebia o salário acima de R$ 2.268,05 terá direito a somente R$ 1.542,24, cujo valor é invariável.

Tem direito ao Seguro Desemprego 2020? Confira já se você também tem direito ao PIS.


Quem tem direito ao Seguro Desemprego 2020?

O Seguro Desemprego 2020 é direcionado aos trabalhadores que se enquadram nas seguintes situações, a saber:

  • Tenham sido demitidos de seus postos de trabalho sem justa causa, inclusive aqueles que tiveram a dispensa indireta;
  • Aqueles que tiveram o seu contrato de trabalho suspenso devido à participação em curso, bem como em programa de qualificação que tenha sido oferecido pelo empregador;
  • Os pescadores profissionais que se encontram em período do defeso;
  • Os trabalhadores que foram resgatados de condição que se assemelha a de escravo.

Parcelas do Seguro Desemprego 2020

As novas regras referentes à solicitação do Seguro Desemprego 2020 foram organizadas de acordo com a ordem do pedido. Ou seja, primeira, segunda e terceira solicitação, as quais ficaram assim:

Primeira solicitação do Seguro Desemprego

  • O trabalhador receberá 4 parcelas se tiver comprovado o tempo de duração do trabalho, cujo período tenha sido entre 18 e 23 meses;
  • Poderá receber 5 parcelas do benefício o trabalhador que comprove o tempo de trabalho, cuja duração tenha sido igual ou superior a 24 meses.

Segunda solicitação do Seguro Desemprego

  • O trabalhador receberá 3 parcelas, caso comprove que tenha trabalhado entre 9 e 11 meses;
  • Poderá receber 4 parcelas do benefício quem tenha trabalhado entre 12 e 23 meses;
  • Terá direito a receber 5 parcelas o trabalhador que comprove o seu vínculo empregatício com período igual ou superior a 24 meses.

Terceira solicitação do Seguro Desemprego 2020

  • O trabalhador receberá 3 parcelas se comprovar o tempo de serviço entre 6 e 11 meses;
  • Poderá receber 4 parcelas quem tiver comprovado o tempo de trabalho entre 12 e 23 meses;
  • O trabalhador que receberá 5 parcelas é aquele que comprove o tempo de serviço igual ou superior a 24 meses.

Como receber o seu Seguro Desemprego 2020?

Esta é uma dúvida bastante comum e que não poderia deixa-la de fora deste artigo. Se ao chegar até aqui você tenha visto que a sua situação permite agendar o Seguro Desemprego 2020 deverá fazer o seguinte:

Junte todos os seus documentos pessoais, assim como o TRCT e outros semelhantes fornecidos pelo empregador para serem apresentados no dia do seu atendimento ao funcionário do MTE, o qual irá fazer a conferência e consequentemente a solicitação do seu benefício.

Além disto, ele irá prestar todos os esclarecimentos necessários sobre o programa. Feito isto é só aguardar a data de liberação do Seguro Desemprego, a qual é realizada pela Caixa Econômica Federal, mesma responsável pela liberação de outros benefícios, como o Bolsa Família e PIS 2020. Boa sorte!

Aproveite e compartilhe este artigo nas suas redes sociais!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Como Sacar o PIS 2020

Como Sacar o PIS 2020

Como Sacar o PIS 2020 – Todos as pessoas que trabalham com carteira assinada podem contar com diversos direitos, entre eles podemos citar o PIS (Programa de Integração Social). O PIS é uma poupança que as empresas privadas mantém para os seus funcionários. Em nosso artigo de hoje você vai entender um pouco mais sobre Como Sacar o PIS 2020. Confira.

Como Sacar o PIS 2020
Como Sacar o PIS 2020

Quem tem direito ao PIS

Para que a pessoa tenha direito a Sacar o PIS 2020 ela deve ser registrada por alguma empregadora particular, ou seja, trabalhar de carteira assinada! Feito isso, ela pode se beneficiar dos fundos do programa, dentro desse fundo há regras próprias do Abono salarial 2020:

  • PIS há no mínimo 5 anos;
  • Ganhar até dois salários mínimos;
  • Ter trabalhado até 30 dias no ano anterior (não necessariamente de forma consecutiva);
  • Estar no RAIS (Relação Anual de Informações Sociais).

Seguro desemprego:

  • Cadastro no PIS há pelo menos 5 anos;
  • Ter sido despedido sem justa causa;
  • Não ter outro benefício do governo (por exemplo, pensão de morte);
  • Estar empregado nos últimos meses (há uma regra para cada nova solicitação);
  • Constar no RAIS.


Documentos Necessários para Sacar o PIS

Para Sacar o PIS 2020 seja realizado o trabalhador precisa:

  • Ter o cartão cidadão com senha.

Se não tiver o cartão cidadão é preciso apresentar um documento oficial com foto, como RG, passaporte ou CNH.


Como Sacar o PIS 2020 – Onde Sacar

Com o cartão cidadão em mãos é possível receber o pagamento PIS 2020:

  • No caixa eletrônico da Caixa Econômica Federal;
  • Em casas lotéricas ou;
  • Nos correspondentes da caixa.

Porém, sem o cartão cidadão o saque se torna possível somente na agência da caixa. Nesse caso será necessário levar um documento com foto, e o número do PIS.


Qual o Valor do PIS 2020

Não há um valor fixo para o PIS, ele é calculado de acordo com o tempo trabalhado no ano base. Cada mês que o trabalhador está de carteira assinada dá o direito a 1/12 do salário mínimo. Assim, as pessoas que trabalharam durante todo o ano base com a carteira assinada, recebem uma salário mínimo, que trabalhou por ½ ano com a carteira assinada no ano base, tem direito a meio salário mínimo, e assim vai indo. Veja a tabela abaixo:

  • 1 mês – R$ 84,00;
  • 2 meses – R$ 167;
  • 3 meses – R$ 250,00;
  • 4 meses – R$ 333,00;
  • 5 meses – R$ 416,00;
  • 6 meses – R$ 499,00;
  • 7 meses – R$ 583,00;
  • 8 meses – R$ 666,00;
  • 9 meses – R$ 749,00;
  • 10 meses – R$ 832,00;
  • 11 meses – R$ 915,00;
  • 12 meses – R$ 998,00.

Como Consultar o Saldo

Para verificar o saldo do PIS também é muito simples.

  • Comece acessando o site: www.caixa.gov.br;
  • Vá até “benefícios e programas”;
  • Clique em PIS;
  • Coloque em “consultar pagamento”;
  • Coloque o seu NIS e a senha cadastrada;
  • Faça autenticação de todo o seu processo no portal;
  • Dê ok.

* Quem nunca acessou vai precisar cadastrar uma senha através do número do NIS, é só clicar em “criar senha” e seguir as instruções seguintes.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Pagamento PIS 2020: Tabela PIS, Calendário, Como Sacar, Quem tem Direito

Pagametno PIS 200

O abono salarial é o benefício pago a todos os trabalhadores que recebam até dois salários mínimos por mês, seja do setor público ou do setor provado. Aos servidores públicos, o abono faz parte do Programa de Integralização do servidor Público – PASEP 2020, pago todos os anos pelo banco do brasil, e o trabalhador privado, o benefício é pago anualmente pela Caixa Econômica Federal, através do Programa de Integralização Social. Esse ano, porém, as regras e a tabela do abono salarial 2020 mudaram, para ambos os beneficiários, por isso é importante ficar atento a essas mudanças. Confira abaixo o que muda para quem tem direito ao Abono Salarial 2020.

Pagametno PIS 200
Pagametno PIS 200

Calendário de Pagamento do PIS 2020

Até o ano de 2015, o calendário de pagamentos do abono salarial era sempre estabelecido entre os meses de julho e dezembro, relativo ao trabalho e contribuições do ano anterior. A partir de 2015, essa regra, porém mudou, e os pagamentos agora ocorrem entre julho do ano seguinte ao trabalho/contribuição até março do ano posterior.

Essa alteração acarretou uma mudança no calendário de pagamento do pis 2020, que passou a ter 2 tabelas de pagamentos: no primeiro semestre do ano, ocorrem os pagamentos do Abono Salarial 2015 remanescentes, enquanto que de Julho a Dezembro são pagos os primeiros lotes do abono salarial do período de 2020 propriamente dito.

Tabela do PIS 2019-2020

Calendário do PIS 2020 Caixa
Tabela de pagamento do PIS 2020 para agências da Caixa:
Aniversário
Pode Sacar em: Até:
Julho 28.07.2019 30.06.2020
Agosto 18.08.2019 30.06.2020
Setembro 15.09.2019 30.06.2020
Outubro 14.10.2019 30.06.2020
Novembro 21.11.2019 30.06.2020
Dezembro 15.12.2019 30.06.2020
Janeiro e Fevereiro 19.01.2020 30.06.2020
Março e Abril 16.02.2020 30.06.2020
Maio e Junho 16.03.2020 30.06.2020

Quem tem direito ao Pagamento PIS 2020?

Para receber o pagamento PIS 2020, é fundamental que o trabalhador se enquadre em todas as regras estabelecidas pelo Ministério da Economia. Para receber o abono, o trbalhador precisa, necessariamente, se enquadrar em todas as regras listadas abaixo:

  • Ter a remuneração mensal de no máximo 2 salários mínimos por mês;
  • Precisam ter cadastrado o número do NIS (também conhecido como número do PIS/PASEP) há pelo menos 5 anos completos;
  • Ter trabalhado ao menos 30 dias no ano anterior – em emprego formal;
  • Seu nome tem que ter sido indicado na RAIS entregue ao ministério do Trabalho e Emprego pela empresa que o contratou.

Consulta PIS 2020: Como consultar o valor do Abono Salarial e as datas de pagamento

A situação do abono salarial pode ser consultada por qualquer cidadão de maneira prática e rápida sem sair de casa e sem pagar nenhuma taxa por isso. Basicamente existem duas formas de consultar a situação do PIS/PASEP: pela internet, e pelo telefone:

Consulta  PIS pelo telefone

Para beneficiários do PIS-Caixa, o número para ligação e atendimento do PIS: 0800 726 0207 – por esse número é possível consultar a data do pagamento do seu benefício, o valor dele, ou se ele já está disponível para saque.

Consulta PIS 2020 pela Internet

Outra forma de consultar o seu Abono Caixa 2020 é pelo portal Caixa Cidadão. No portal Caixa, o usuário pode cadastrar uma senha para a internet e consultar diversos benefícios sociais, como:

  • Abono salarial
  • FGTS
  • Bolsa família
  • Bolsa atleta
  • Entre outros

Para consultar, basta seguir os passos indicados abaixo:

Consulta PIS 2020
Consulta PIS 2020
  1. Acesse a página do Portal do Cidadão – NESSE LINK;
  2. Ao carregar a página, digite no primeiro campo o seu número do PIS
  3. No segundo campo, digite a sua Senha da Internet (se ainda não possuir, clique em “Cadastrar senha, na parte inferior”)
  4. Clique e marque a opção “Não sou um robô”
  5. Clique em “OK” no final da página
  6. Você será levado à página no trabalhador. Clique na guia “PIS” para consultar o saldo e a data de pagamento do seu benefício.
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Valor do PIS 2020

Valor do PIS 2020

O Programa de Integração Social, também conhecido como PIS ou Abono Salarial, é um benefício que possui o objetivo de fazer a junção do trabalhador com a vivência da empresa. Ele é destinado aos trabalhadores da iniciativa privada e são pagos anualmente. O pagamento do PIS 2020 é organizado por meio de um calendário definido pelo Governo Federal e Caixa Econômica Federal. Para receber o benefício, é preciso que o beneficiário esteja bem atento à todas informações sobre PIS 2020. Para tanto, elaboramos este artigo com todas as informações essenciais sobre o PIS 2020.

Valor do PIS 2020
Valor do PIS 2020

Valor do PIS 2020

O valor do PIS 2020 é calculado com base no valor do salário mínimo na data em que o benefício for pago e com base no tempo que o trablhador teve de carteira assinada no ano base.

O cálculo é feito da seguinte forma:

  • Considera-se o ano base do cálculo o ano anterior ao início do pagamento do PIS. Por exemplo, quem trabalhou em 2018 terá direito ao PIS pago entre julho de 2019 e Junho de 2020;
  • Não terá direito ao PIS quem tiver menos de 30 dias de carteira assinada no ano base;
  • Para quem teve o ano base inteiro com a carteira assinada, o valor do PIS será de 1 salário mínimo (valor do mínimo na data da liberação do pagamento)
  • Para que teve mais de 30 dias de carteira assinada, mas menos que os 12 meses de carteira assinada, cada 30 dias de carteira assinada darão direito à 1/12 do valor do PIS 2020.

Para facilitar esse cálculo, consulte a seguinte tabela com o valor proporcional do PIS:

Proporção (meses trabalhados) Valor Abono 2020
1 R$ 84,00
2 R$ 167,00
3 R$ 250,00
4 R$ 333,00
5 R$ 416,00
6 R$ 499,00
7 R$ 583,00
8 R$ 666,00
9 R$ 749,00
10 R$ 832,00
11 R$ 915,00
12 R$ 998,00

Vale lembrar, porém, que o valor do PIS 2020 só será de 1 salário mínimo completo para quem trabalhou durante TODO o ano base com a carteira assinada.


Quem tem direito ao PIS 2020

Para ter acesso ao PIS 2020 é preciso que obedeça algumas diretrizes do benefício. Assim como qualquer benefício concedido pelo Governo Federal, o PIS 2020 também possui algumas regras, são elas:

  • Estar cadastrado por, no mínimo, cinco anos no Programa de Integração Social;
  • É preciso ter exercido atividade remunerada por, no mínimo, 30 dias com carteira assinada;
  • O valor da remuneração do trabalho não precisa exceder a faixa de dois salários mínimos mensal;
  • O seu vínculo empregatício precisa ter enviado a Relação Anual de Informações Sociais, também conhecida como RAIS, ao Ministério da Economia.

Calendário do PIS 2020

O calendário PIS 2020 é meio pelo qual os beneficiários devem ficar atentos acerca do prazo de pagamento do benefício. É por meio desse calendário que a Caixa e o Governo Federal organizam as datas de pagamentos de todos os beneficiários do PIS. O calendário do PIS 2020 é atualizado anualmente, para evitar que as datas de pagamento caiam em feriados e finais de semanas.

 

TABELA PIS 2019/2020 CAIXA ECONÔMICA FEDERAL (ATUALIZADA)
Calendário de pagamento do PIS 2020 para agências da Caixa:
Aniversário
Pode Sacar em: Até:
Julho 28/07/2019 30/06/2020
Agosto 18/08/2019 30/06/2020
Setembro 15/09/2019 30/06/2020
Outubro 14/10/2019 30/06/2020
Novembro 21/11/2019 30/06/2020
Dezembro 15/12/2019 30/06/2020
Janeiro e Fevereiro 19/01/2020 30/06/2020
Março e Abril 16/02/2020 30/06/2020
Maio e Junho 16/03/2020 30/06/2020

O pagamento é organizado de acordo o mês de aniversário do beneficiário. É importante o beneficiário ficar ligado no prazo limite para saque, é uma data fixa para todos os beneficiários. Após o prazo limite, os beneficiários que não sacaram o valor não poderão requisitar o valor. A quantia retorna aos cofres públicos.


Consulta ao PIS 2020

A consulta ao PIS 2020 é muito simples e fácil. Isto porque a plataforma foi desenvolvida para atender à todos os tipos de públicos, já que o PIS é recebido por uma gama de pessoas diversificadas. A consulta ao PIS 2020 se resume aos seguintes passos abaixo:

  1. Primeiramente, você deverá acessar o site da Caixa Econômica Federal pelo seguinte endereço eletrônico: https://sisgr.caixa.gov.br/internet.do?segmento=CIDADAO01.
  2. Na página da Caixa, o beneficiário deverá preencher alguns campos para ter acesso à consulta ao PIS 2020. Para realizar o login, o usuário deverá informar o número de identificação social, também conhecido como NIS, e também a senha de internet, a chave de acesso para consultas relativas aos benefícios sociais.
  3. Ao término do preenchimento das informações requeridas no formulário, o usuário deverá clicar no botão “ok”. Caso todos os dados estejam corretos, você será imediatamente redirecionado à página de consulta ao PIS 2020.

Está em busca do Calendário PIS 2020? Confira então nossa página sobre o PIS ou visite nossa homepage.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (No Ratings Yet)
Loading...

Agendamento do Seguro Desemprego 2020

Agendamento Seguro Desemprego 2020

Agendamento Seguro Desemprego 2020 – Um dos benefícios que mais contribui para a seguridade trabalhista do brasileiro é o seguro desemprego. Esse abono salarial serve para dar seguridade ao trabalhador que perdeu o emprego até que este seja capaz de iniciar em um novo emprego. O benefício, entretanto, não é pago automaticamente assim que o empregado é demitido: ele passa a ser pago somente depois de ser solicitado pelo trabalhador, e devido à grande procura pelo benefício que tem havido recentemente, é necessário antes fazer o Agendamento Seguro Desemprego 2020.

Agendamento Seguro Desemprego 2020
Agendamento Seguro Desemprego 2020

Seguro Desemprego 2020

O Governo Federal junto ao Fundo de Amparo ao Trabalho – FAT criou o Seguro Desemprego 2020, que é destinado aos trabalhadores que foram demitidos sem justa causa.

A função desse programa é auxiliar os desempregados a terem uma renda enquanto não se restabelecem no mercado de trabalho.

Mas, só poderão ter direito ao Seguro Desemprego aqueles que se enquadrarem em alguns requisitos.


Agendar o Seguro Desemprego

O agendamento Agendamento Seguro Desemprego 2020 é feito pela internet, pelo portal específico do Ministério do Trabalho, conhecido como “Granulito”. O agendamento, assim, pode ser feito sem sair de casa, pelo portal com toda a comodidade possível. Basta que o trabalhador:

  • Digite os seus dados;
  • Escolha a cidade e o estado;
  • Em seguida escolha a data de agendamento e o horário.

Veja também: Como agendar a carteira de trabalho;

Depois de agendado, basta aguardar e comparecer ao local estipulado no agendamento no dia e horário marcados. O agendamento é uma medida do Ministério do trabalho para evitar as finas no atendimento, já que a procura por esse benefício tem sido tão grande.

Inicialmente, o agendamento seguro desemprego está disponível apenas para as grandes e médias cidades do Brasil. Mas espera-se que, gradualmente, o serviço vá sendo implantado também nos municípios menores e nas pequenas comunidades.

É importante lembrar que o seguro desemprego não possui datas fixas de pagamentos, como acontece PIS 2020. Mas sim possui datas estabelecidas para cada pessoa de acordo com quando se deu entrada no benefício.


Quem tem Direito ao Seguro Desemprego 2020?

Como se sabe, tem direito ao Seguro Desemprego 2020 os trabalhadores que foram demitidos sem justa causa, mas além disso, é preciso seguir outras exigências. Entre elas:

  • Aqueles que foram retirados de trabalho escravo;
  • Os trabalhadores domésticos e formais;
  • Os pescadores que não trabalham duram o período defeso;
  • Trabalhador que realizou um curso de qualificação profissional e foi dispensado por isso.

Documentos Necessários para Solicitar o Agendamento Seguro Desemprego

Aqueles que se encaixam nos critérios exemplificados acima, devem solicitar o agendamento do Seguro Desemprego. Mas, para isso, é preciso ter os seguintes documentos em mãos:

  • CPF e RG;
  • Carteira de Trabalho;
  • Carta de demissão e homologação;
  • Comprovante de residência;
  • Título de Eleitor.

Confira abaixo como fazer o agendamento:


Como Realizar o Agendamento Seguro Desemprego 2020?

O Agendamento Seguro Desemprego 2020 é feito pelo portal do ministério do trabalho, de forma muito simples. Para isso, basta:

  • Na nova janela aberta você deve clicar em “Ações”;

  • Selecionar entre as datas e horários disponíveis a melhor a você;

  • Agora é preciso informar mais alguns dados, como: CPF, data de nascimento, telefone para contato e código de segurança;
  • Para concluir o seu agendamento, clique “Agendar”.

Aplicativo Seguro Desemprego

A tecnologia veio para facilitar a vida do cidadão. E para auxiliar os beneficiários do Seguro Desemprego a Caixa Econômica Federal criou o aplicativo “Caixa Trabalhador”.

Através do mesmo é possível consultar sobre o benefício, realizar o Agendamento Seguro Desemprego 2020, e outras informações.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Calendário Bolsa Família 2020

Calendário Bolsa Família 2020

Calendário do Bolsa Família 2020 – Nos últimos 15 anos, o Brasil passou por uma verdadeira revolução social, em que milhões de famílias passaram da faixa da miséria e pobreza para a chamada classe média brasileira. Essa verdadeira revolução foi ocasionada por diversos fatores econômicos, sociais e políticos, mas o maior destaque nesse período foi a criação e o crescimento do Programa Bolsa Família. Abaixo você poderá conhecer melhor sobre ele e sobre o Calendário do Bolsa Família 2020. 

Através dele Milhões de cidadãos passaram a ter condições mínimas de dignidade e recebem uma renda extra que ajuda a custear a vida das famílias. Mas esse benefício ainda gera muitas dúvidas na população, especialmente na divulgação de suas datas de recebimento. A tabela do programa é atualizada todos os anos, e muitos brasileiros ainda não conhecem o calendário do Bolsa família 2020. Por isso, preparamos a tabela completa para você conferir as datas de recebimento do seu benefício.

Calendário Bolsa Família 2020
Calendário Bolsa Família 2020

Calendário do Bolsa Família 2020

O calendário de pagamentos do benefício é disponibilizado sempre em dezembro pelo MDS. Sendo sua divulgação feita em agências da Caixa Econômica Federal e instituições conveniadas. O Calendário do Bolsa Família 2020 também é disponibilizado no portal do cidadão. Por meio desse site, é possível junto ao seu cartão do Bolsa Família, realizar a consulta do Bolsa Família, e de outros benefícios, como o calendário do Abono Salarial, datas de pagamento do seguro desemprego, saldo do FGTS, entre outros.

Abaixo você pode conferir o calendário de pagamento do Bolsa Família e assim, ficar por dentro do prazo de recebimento do seu benefício:

Calendário de pagamentos do Bolsa Família 2020
Calendário de pagamentos do Bolsa Família 2020

 


Consulta Saldo Bolsa Família

O saldo Bolsa Família pode ser consultado de formas diferentes, abaixo você pode conferir essas maneiras e ter maiores informações sobre o seu benefício.

Consultar Saldo com o Cartão Bolsa Família

Por meio do Cartão Bolsa Família você poderá ir a um Caixa de Atendimento da agência ou a uma casa lotérica e realizar o procedimento de consulta ao extrato.

Para isso você só precisa:

  • Ter em mãos o seu cartão Bolsa Família;
  • Solicitar o saldo.

Caso o mesmo esteja disponível você poderá realizar o saque.

Consultar Saldo pela Internet

Uma forma bem simples de consultar é por meio da internet. Dessa maneira, você não precisará sair do conforto da sua casa. Siga os passos abaixo e realize a consulta:


Valor do Bolsa Família 2020

Como já se sabe não são todos beneficiários que recebem o mesmo valor do Bolsa Família 2020. Isso varia de acordo com a situação de cada família. Entenda mais abaixo:

  • As famílias que estão em condição de extrema pobreza recebem o Benefício Básico no valor de R$ 89,00 mensais, quando a renda de cada membro é deste mesmo valor;
  • Os grupos familiares que possuam crianças e adolescente até 15 anos, mulheres grávidas e que amamentam, receberão o Benefício Variável no valor de R$ 41,00 mensais. Sendo possível que cada família acumule 5 benefícios;
  • Já as família que tem em sua composição adolescentes entre 16 e 17 anos de idade recebem o Benefício Variável Jovem no valor de R$ 48,00 mensais. Sendo possível acumular até dois benefícios;
  • Por fim, há ainda o Benefício para Superação de Extrema Pobreza que é para aquelas famílias extremamente pobres. Nesse caso, o valor pago varia de acordo com o grupo familiar.

Bolsa Família 2020 Bloqueado

Se por algum motivo o seu benefício foi bloqueado, é preciso ir até um posto de atendimento do programa e atualizar o Cadastro Único.

Abaixo você pode se informar sobre as possíveis razões de bloqueio do seu Bolsa Família:

  • Caso a família não se enquadre nos requisitos de recebimento do benefício;
  • Quando as crianças e jovens do grupo familiar alteram de escola ou a família mude de endereço e não comunica;
  • Se o responsável familiar não foi ao CadÚnico até o prazo estipulado para o recadastramento do benefício.

Como Desbloquear

Caso você deseje desbloquear o Bolsa Família, é preciso atualizar alguns dados, entre eles:

  • A renda familiar;
  • Histórico estudantil de crianças e adolescentes;
  • Requisitos ligados a saúde da mulher e da criança, os quais são exigidos pelo MS.

Ainda é preciso ir até o CRAS da sua cidade e realizar o recadastramento. Com todos requisitos em dia, o benefício continuará a ser pago.


Recadastramento do Bolsa Família 2020

Para que seu benefício continue sendo pago, você deve realizar o recadastramento Bolsa Família sempre dentro do prazo. Todos os anos o Governo avalia os dados de cada família. Para conferir se todas as informações estão dentro dos requisitos de participação.

Se houver qualquer alteração de dados, o Bolsa Família corre o risco de ser bloqueado ou até mesmo cancelado.

Atualmente há duas formas de recadastramento, confira:

  • Averiguação Cadastral: Nesse caso, acontece somente a verificação dos dados já cadastrados;
  • Revisão Cadastral:  Já nessa situação, o beneficiário deverá informar os dados que estão com alguma divergência.


Cartão Bolsa Família

Logo que houver a aprovação do grupo familiar pelo MDS para a participação no Bolsa Família, a mesma irá receber o cartão do programa dentro de 30 dias na sua residência. Após isso, para utilizar o cartão deve-se ir até uma Agência da Caixa Econômica Federal e realizar a liberação do cartão.

Caso depois desse período o Cartão não tenha chego até sua residência, será preciso:

  • Ligar para o número 0800 726 0101.

Quem tem Direito ao Bolsa Família 2020?

O programa de benefício social serve justamente para dar mais seguridade para a população mais pobre. Por isso ele é pago a grupos familiares cuja renda familiar não ultrapasse, todos os meses a faixa de R$ 170,00 por pessoa (que é considerado o limite da miséria no país).

De certa forma, o programa social é, como qualquer outro benefício assistencial do Governo, uma ajuda financeira para complementar a renda. A qual auxilia a melhorar os índices de pobreza e distribuição de renda no país, que são tão desiguais.

Para poder receber o benefício familiar, além da renda mensal de R$ 1700,00 por pessoa é necessário que:

  • As crianças de 0 a 15 anos tenham frequência escolar comprovada de pelo menos 85%. E os jovens entre 16 e 17 anos tenham frequência escolar comprovada de pelo menos 75%;
  • As famílias precisam comprovar ais informações socioeconômicas na secretaria de assistência social de seu município, e renovar o cadastro todos os anos;
  • É preciso também que as grávidas do grupo familiar estejam em dia com o pré-natal, de acordo com o Ministério da Saúde;
  • Outra exigência relacionada as crianças é que as mesmas estejam com a caderneta de vacinação em dia.

Apesar da polêmica que envolve o programa, o Bolsa Família 2020 é uma oportunidade real para as pessoas das classes mais humildes terem oportunidades de complementar a renda e melhorar índices de saúde, nutrição e educação a qual estão expostas.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Bolsa Família 2020

Bolsa Família 2020

Uma das iniciativas mais importantes do Governo Federal para redução das desigualdades sociais nos últimos anos, e que tem dados resultados concretos na melhoria da vida dos trabalhadores brasileiros é o programa Bolsa Família 2020. A iniciativa, proposta em 2004 na gestão do Presidente Lula, já ajudou a dezenas de milhões de brasileiros a subirem da chamada linha da pobreza para um status mais digno. O programa Bolsa Família 2020, apesar dos boatos falsamente espalhados, segue firme durante o ano todo, com um aumento esperado no orçamento de quase 3% – o que é bastante, se considerado que a economia do país se retraiu 3%.

Bolsa Família 2020
Bolsa Família 2020: Calendário de pagamentos, datas, quem tem direito, valor

Quem tem Direito ao Bolsa Família 2020

Para ter direito receber o benefício, as famílias devem possuir uma renda familiar abaixo da faixa de R$ 154,00 por pessoa – fazendo-se a média entre todos os membros da família cadastrados, inclusive as crianças.

Os tipos de benefícios e os valores recebidos pelos beneficiários variam de família para família, já que os benefícios recebidos variam de acordo com as características sociais de cada família. O cálculo do valor do bolsa família é feito levando-se em conta que:

  • Em famílias que a renda familiar for inferior a R$ 77,00 por pessoa, o benefício inicialmente pago é de R$77,00 por cartão do bolsa família;
  • Cada família em que a renda seja inferior a R$ 154,00 por pessoa terá direito a um benefício de R$ 35,00 por cada criança de 0 até 15 anos cadastrada. Esse benefício é acumulativo e podem ser cadastradas até 3 crianças;
  • O benefício para jovem é pago para cada adolescente de 16 ou 17 anos que esteja matriculado na escola, e podem ser cadastrados até 2 jovens, sendo o valor de R$ 42,00 por pessoa.

Vale lembrara que no caso de grupos familiares maiores, ou no caso de famílias que moram na mesma casa, é possível pegar mais de 1 cartão, sendo os benefícios cumulativos. É vedada, porém, a inscrição dupla de pessoas no cadastro dos dois cartões, pois cada pessoa só pode ser cadastrada apenas 1 vez.


Cadastro Bolsa Família 2020

Se você se enquadra em um dos requisitos acima e tem direito a receber esse benefício, pode realizar o cadastro. Para isso você deve inicialmente ir até um posto de atendimento do Bolsa Família da sua cidade.

Para que você realize o cadastro serão necessários alguns documentos, como:

  • Documento de identificação do responsável familiar e dos outros membros;
  • CPF e título do eleitor do responsável familiar.
Cadastro Bolsa Família 2020
Cadastro Bolsa Família 2020

Realizar o cadastro não quer dizer que o grupo familiar já está participando do Bolsa Família. Antes disso, todos os dados da família serão analisados. E então, a família é encaminhada para a lista de espera do programa.

O próximo passo é o recebimento do cartão Bolsa Família. O qual só poderá ser usado depois de ativado em uma agência Caixa.


Calendário do Bolsa Família 2020

Já foi divulgado o novo calendário do bolsa família 2020 de pagamentos do Bolsa Família 2019. Nele, você confere todas as datas que saíram através da divulgação do portal Brasil, vinculando as datas de pagamento do benefício ao último dígito do cartão. Lembrando que a divisão dos pagamentos ocorre pelo número do cartão para evitar as filas em agências da Caixa para o pagamento dos benefícios.

Calendário de pagamentos do Bolsa Família 2020

Saldo Bolsa Família

O cartão Bolsa Família pode ser usado para verificar o saldo e as datas pelo portal do cidadão da Caixa, pela internet. Que é o mesmo site em que você pode consultar o extrato do seu PIS na internet, e as parcelas de pagamento do seguro desemprego.

Os saques que não forem realizados até 3 meses depois de liberados, serão expirados, e não poderão mais ser sacados.


Valor do Bolsa Família 2020

O valor do Bolsa Família não é igual para todas as famílias, acontecem diferenças por conta da situação financeira de cada uma. Confira abaixo quais são todos os valores disponibilizados:

  • Aquelas famílias que tem membros que recebem R$ 89,00 por mês, irão receber o mesmo valor de benefício;
  • Quando a família possui membros com idade entre 0 e 15 anos, o valor pago é R$ 41,00 por cada criança cadastrada;
  • Já as famílias que possuem membros com idade entre 16 e 17 anos, o valor pago é R$ 48,00 por cada jovem cadastrado.

Lembrando que os benefícios só são pagos as crianças e jovens quando eles estão matriculados na escola.


Consulta Bolsa Família 2020

É por meio da Consulta Bolsa Família 2020 que os beneficiários poderão ter informações sobre o seu benefício. Entre elas:

  • Saldo;
  • Local de saque mais próximo;
  • Datas de saque do benefício.

Existem diversos meios de realização da consulta. Confira quais são eles abaixo:

Consulta pelo Celular

Se você possui um smartphone, pode realizar a consulta de maneira fácil através do aplicativo. Veja como:

  • Baixe o aplicativo Bolsa Família no seu celular;
  • Clique em “Instalar”;
  • Após instalado, você deve acessa-lo informando seu número do NIS.

Consulta pela Internet

Também é possível consultar através da internet, pelo site da Caixa Econômica Federal. Siga os passos abaixo e realize a consulta online:

  • Entre no Portal do Cidadão Caixa por aqui;
  • Informe o seu NIS e a senha da internet;
  • Selecione a opção “Não sou um robô”;
  • Agora, finalize selecionando “OK”.

Se você não tiver como realizar a consulta dessas formas, vá até agência da Caixa e solicite para um atendente. No entanto, não deixe de levar seu cartão Bolsa Família e um documento de identificação.


Como Sacar o Bolsa Família

Para sacar o seu benefício, é preciso comparecer a uma agência da Caixa Econômica Federal portando o seu cartão do cidadão. Esse documento serve para realizar os saques tanto no atendimento pessoal quanto pelo caixa Eletrônico.

Caso as filas sejam muito intensas, ou a agência da Caixa mais próxima fique muito longe. Você também pode realizar o saque do bolsa família em uma lotérica conveniada pela Caixa Econômica Federal. Na qual você também precisa portar o seu cartão do cidadão.


Bolsa Família Bloqueado

Muitas vezes pode acontecer de o Bolsa Família ser bloqueado. Isso acontece pelos seguintes motivos:

  • Quando a renda da família é mais alta do que a exigida para receber o benefício;
  • Se as crianças e adolescentes não obtiverem a frequência mínima exigida nas escolas;
  • Quando o grupo familiar altera de endereço e não comunica o programa;
  • Quando a família não atualiza as informações ou não realiza o cadastramento no programa.

Como Desbloquear o Bolsa Família?

Para o desbloqueio do Bolsa Família, o responsável pelo grupo familiar deverá ir até a Secretaria de Assistência Social ou então ao CRAS e solicitar o desbloqueio.


Empréstimo Bolsa Família

Outra grande oportunidade que o programa oferece para os beneficiários é o Empréstimo Bolsa Família. O empréstimo é fornecido para as famílias que desejam abrir o próprio negócio, sendo o juros do financiamento muito mais baixo. Os valores oferecidos para esse empréstimo são de até R$ 17.000,00.

Para solicitar o empréstimo, basta ir até uma agência da Caixa e solicitar uma linha de crédito do Bolsa Família.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Agendamento da Carteira de Trabalho 2020: Como fazer

Agendamento Carteira de Trabalho 2020

Agendamento Carteira de Trabalho 2020 – A Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) ou simplesmente Carteira de Trabalho é um dos documentos mais importantes para a carreira de um trabalhador, uma vez que nele se encontra todos os registros importantes como a entrada e saída de uma determinada empresa, a função exercida, salários, o número do PIS 2020 e as anotações do FGTS e de férias. Até algum tempo atrás, para tirar a sua Carteira de Trabalho você deveria se apresentar pessoalmente a uma agência do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), aguardar o atendimento e informar seus dados para a obtenção do documento, porém hoje é possível realizar o agendamento carteira de trabalho 2020 sem sair de casa e evitar filas e espera.

Porém, esse modelo de atendimento foi modificado. Agora para pedir a sua Carteira de Trabalho, assim como outros serviços do Ministério será preciso realizar um agendamento online para comparecer na referida data e horário estipulado para ser atendido por um funcionário.

Agendamento Carteira de Trabalho 2020
Agendamento Carteira de Trabalho 2020

Se essa informação é uma novidade para você, então não deixe de ler esse artigo até o final para saber como funciona o sistema de Agendamento do Ministério do Trabalho. Confira a seguir.


Agendamento Carteira de Trabalho 2020

O Agendamento Carteira de Trabalho 2020 foi uma solução encontrada pelo Governo Federal para melhorar o atendimento nos Postos, já que era comum se deparar com as longas filas de espera e a dificuldade de realização rápida do serviço.

Dessa forma, conseguiu-se desafogar as unidades do MTE, cujo resultado foi positivo para ambos os lados – os trabalhadores não precisam ficar esperando em longas filas sem saber se dará tempo para serem atendidos, e os funcionários conseguem trabalhar mais e melhor oferecendo um atendimento mais rápido e eficaz.

Agendamento Carteira de Trabalho 2020
Agendamento Carteira de Trabalho 2020

Como fazer o Agendamento da Carteira de Trabalho pela Internet

O procedimento é bem simples. Em primeiro lugar você deverá conferir se na sua cidade ou região o sistema de Agendamento Carteira de Trabalho 2020 já foi implantado. Para isso, é só verificar nesse link (http://saaweb.mte.gov.br/inter/saa/pages/agendamento/main.seam).

Se não houver você precisará se dirigir diretamente a um Posto de Atendimento do MTE, mas se o sistema já se encontrar disponível é só fazer o seguinte procedimento:

  • Neste mesmo link do Saaweb, clique no botão a esquerda de sua tela “Agendar”.
  • No formulário selecione o seu Estado, o seu Município, o Tipo de Atendimento (Escolha “Emissão de Carteira de Trabalho Brasileiro”, se for estrangeiro é só optar pela opção abaixo desta), digite o código de segurança e depois clique em “Prosseguir”.
  • Na nova janela apresentada você deverá informar os dados pessoais que o sistema vai lhe solicitar;
  • Depois clique novamente em “Prosseguir” e verifique a disponibilidade de data e horário para a efetivação do agendamento.
  • Escolha a que lhe for melhor e depois confirme no botão correspondente.
  • Após a realização desse procedimento é só aguardar a data para levar os documentos pessoalmente ao Posto de Atendimento.

Agendamento da Carteira de Trabalho pelo Telefone

Telefone PIS 0800Caso você não tenha acesso a internet ou não tenha conseguido realizar o agendamento de forma online. Ainda é possível agendar através do telefone.

Esse processo é simples como o da internet, você só preciso:

  • Ligar para o número 158;
  • Escolher a opção “Agendamento Carteira de Trabalho”;
  • Siga os passos indicados;
  • E pronto!

O número apresentado acima é do responsável pela emissão da CTPS, o Ministério do Trabalho e Emprego. A ligação é gratuita, e no dia marcado, você só precisará levar os documentos solicitados abaixo:


Documentos Necessários para a Emissão da CTPS

Tanto no Agendamento Carteira de Trabalho 2020, quanto no dia de sua apresentação no Posto do MTE é importante que tenha em mãos os seguintes documentos:

  • Documento de Identidade com foto;
  • CPF;
  • Número do seu PIS (se não tiver, solicite em uma agência da Caixa).

E atenção: se não puder comparecer ao Posto de Atendimento do MTE no dia e horário previamente agendado. Acesse com antecedência o link do Saaweb e faça o reagendamento, para marcar uma nova oportunidade.

Espero que este artigo tenha te ajudado. Que tal compartilha-lo com seus amigos? Eles vão gostar!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...